Febre amarela é uma doença infecciosa aguda, de curta duração, causada por vírus e transmitida por vetores. Em ambiente silvestre (de florestas) a transmissão se dá pelo mosquito Haemagogus. Já no meio urbano (nas cidades), o responsável por transmitir o vírus é o mosquito Aedes aegypti (o mesmo das temidas dengue, zika e chikungunya). Não existe contágio de pessoa para pessoa.

E vale sempre lembrar: o macaco não transmite a doença. Ele, assim como nós, humanos, é uma vítima do mosquito.

 

Prevenção

A melhor forma de prevenção é a vacina. Ela é gratuita, está disponível nos postos de saúde e pode ser tomada em qualquer época do ano. Em caso de viagem para área de risco, deve ser aplicada 10 dias antes da viagem. As crianças podem receber a vacina a partir dos nove meses de idade; sua validade é de 10 anos.

Mas é importante estar atento às contraindicações. Não devem tomar a vacina:

  • gestantes;
  • mulheres que estão amamentando bebês de até seis meses de idade;
  • pessoas com o sistema imunológico debilitado (quem faz ou fez há pouco tempo tratamento contra câncer, por exemplo); e
  • pessoas alérgicas a gema de ovo.

Caso você esteja passando por algum problema de saúde ou se houver qualquer dúvida, a recomendação é que se consulte o médico antes.

 

Sintomas

A maioria das pessoas que adquire o vírus da febre amarela não apresenta sintomas. Porém, podem ocorrer:

  • febre baixa;
  • dor muscular em todo o corpo, principalmente nas costas;
  • dor de cabeça;
  • dor nas articulações;
  • náusea;
  • vômito; e
  • fraqueza.

A forma mais grave da doença é rara e se manifesta após um breve período de bem-estar (até dois dias). O doente pode sofrer com insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

 

Tratamento

Não existe nada específico. O tratamento é apenas sintomático e requer repouso com reposição de líquido. Nas formas graves, o paciente deve ser hospitalizado. A maioria dos infectados se recupera bem e adquire imunização permanente contra a doença.